domingo, setembro 19, 2010

Drexler - 'Fusion'

video

grandes descobertas ultimamente... sons, imagens, palavras, lugares, pessoas...

quinta-feira, setembro 16, 2010

tempo de imagens


Saudades de escrever! A vida anda tão louca, tão cheia de surpresas... por enquanto, deixo a foto, que tb é um pedaço de mim.

Nathalia Rocha (16.09.2010)

segunda-feira, agosto 30, 2010

conceito

a definição mais foda que eu li sobre mim nos último 25 anos: "sua presença sutil e intensa, contraditória por si mesma" (minha amiga Mil). Teeee aaaaamoooooooo... borboleta azul!


daí eu arrematei: onde todos os improváveis se encontram...

Nah Rocha (hj)

domingo, agosto 29, 2010

acordei chorando

Eu sempre lembro dos meus sonhos nitidamente. Gostaria de pode-los enquadrar numa tela, seriam multicores e cheio de flores e balões no ar. Alguém falou pra eu escrevê-los no papel, mas pra mim isso não é muito fácil, tudo é meio desconexo.

Os pesadelos também são assim, eu sempre lembro. Acordo chorando, sempre são feios e monstruosos. Foi assim hoje. Será que eles mostram algo de mim que não conheço? Temo que isso seja verdade.

Nathalia Rocha (29.08.2010)

quarta-feira, agosto 25, 2010

o que tira meu fôlego

Um pouco de Gibran Khalil Gibran* pra vocês:

"Quando o amor vos chamar, segui-o,
Apesar de seu caminho ser duro e íngreme.
E quando suas asas vos envolverem, abraçai-o,
Apesar da espada escondida entre suas penas poder ferir-vos.
E quando ele falar convosco, acreditai nele,
Apesar de sua voz poder esfacelar vossos sonhos como o vento norte arruina o jardim.
Pois mesmo quando o amor vos coroa, ele vos crucifica.
Mesmo sendo para vosso crescimento, ele também vos poda.
(...)
O amor não dá nada além de si mesmo
E não toma nada além de si mesmo.
O amor não possui nem é possuído;
Pois o amor é suficiente ao amor."

____________________
*pintor e escritor libanez do séc XIX - trecho do livro O Profeta

o movimento faz pensar

Seguindo a correnteza do rio
Chego a conclusão que não é bom parar.
Um fluxo lento ou mais eufórico,
Porém nunca estático.

Nathalia Rocha (26.08.2010)

novos horizontes, depois disso o que será?

Na quietude do quarto
Descubro algo novo
Algo que faz o sangue correr quente
Por isso, neste primeiro momento, a ânsia

Nathalia Rocha (25.08.2010)

[porque o que faz vibrar é a loucura de se quebrar o padrão]

terça-feira, agosto 24, 2010

Dia de sol

E porque hoje acordei com um jardim no quarto, flores por todo lado, cores e odores... vc.

Nathalia Rocha (24.08.2010)

domingo, agosto 15, 2010

para minha menina branca de neve

ME LEVE - CANTIGA PRA NÃO MORRER
(Fagner / Ferreira Gullar)

Quando você for se embora
Moça branca como a neve
Me leve, me leve
Se acaso você não possa
Me carregar pela mão
Menina branca de neve
Me leve no coração
Se no coração não possa
Por acaso me levar
Moça de sonho e de neve
Me leve no seu lembrar
E se aí também não possa
Por tanta coisa que leve
Já viva em seu pensamento
Moça de sonho e de neve
Me leve no esquecimento
Moça de sonho e de neve
Me leve no esquecimento
Me leve

quinta-feira, julho 08, 2010

O que ganhamos com o século 21

Logo logo faremos download gratuito de Silêncio, um artigo de luxo nos dias de hoje. E depois de uns anos precisaremos comprá-lo no cartão, em 12 parcelas. E ainda haveremos de pegar filas enormes.

Nathalia Rocha (04.07.2010)

quinta-feira, julho 01, 2010

.porque os espinhos são mais abundantes.

A ilusão de um momento feliz torna a realidade da tragédia suportável.

Nathalia Rocha (01.07.2010)

Carona?

Dê-me um mapa, um guia
Fotos e atalhos
Por onde devo seguir?

Nathalia Rocha (01.07.2010)

segunda-feira, junho 28, 2010

Sou muitas de mim

Se queres me conhecer
Morres comigo quando adormeço
Ao findar do dia

Porque a cada nova manhã
Me reconstruo em várias
Em todas que preciso
Em todas que sou

Uma apenas não poderia solitária caminhar pelas ruas
Sozinha não me atreveria em tantos caminhos

Morres comigo à noite
E reaprende comigo pela manhã quem sou
Pois todas e tantas nas quais me faço
Simplesmente são uma

Nathalia Rocha (28.06.2010)

sexta-feira, junho 25, 2010

O que é viver?

O respirar ainda existe, a vida não mais
Porque a vida não é apenas inspirar e expirar
A vida vai além

Nathalia Rocha (24.06.2010)

quinta-feira, junho 24, 2010

SOS

Meu grito não saiu
Na noite negra e fria
A dor tomou conta do peito
Mas o grito de socorro não saiu
Pedi ajuda em silêncio
Uma mão estendida sequer se pôs em meu favor
Onde está aquele que viria em meu socorro?
Até as lágrimas, que eram raras
Tornaram-se frequentes no negrume da madrugada

Mas o dia logo vem...

Nathalia Rocha (24.06.2010)

O Amor se foi...

O amor encontrou uma porta aberta e saiu
Sorrateiro e depressa
Como se já planejasse silenciosamente
De fato, se foi
Pelas ruas escuras da cidade
Procurando novos corações
Novas moradas
Nas esquinas, esbarrando em um em outro
Novos odores, novos sabores

Mas nenhum coração é como o seu

Nathalia Rocha (23.06.2010)